4 de outubro de 2019

Como parte de sua estratégia de expansão, a WestRock reafirma o seu compromisso com o Brasil com a conclusão do projeto da megaplanta de embalagens de papelão ondulado em Porto Feliz (SP), que recebeu investimentos de US$ 125 milhões. A nova unidade ocupa uma área construída de 82.333 m2 e tem capacidade de produzir 400 milhões de m2 de papelão ondulado por ano.

 

“A inauguração da fábrica é um marco histórico nesse sentido, já que foi desenhada para tornar-se o estado da arte na produção e oferta de serviços em embalagens com qualidade superior, diferenciação em escala e flexibilidade aliados aos mais elevados níveis de serviço. Sua localização, próxima à Rodovia Castelo Branco, privilegia ainda a otimização logística e agilidade nas entregas para nossos clientes em qualquer região do país”, celebra Jairo Lorenzatto, presidente da WestRock no Brasil.

 

A fábrica traz ainda a mais inovadora e moderna tecnologia de impressão do mundo em papelão ondulado, inédita na América do Sul, capaz de imprimir em grande escala e com qualidade fotográfica bobinas que serão convertidas em embalagens.

“Hygraphics, da alemã Bobst, será um divisor de águas para o mercado de embalagens no Brasil. A tecnologia, inédita no país, revolucionará a maneira como encaramos as embalagens de papelão ondulado e a chegada dos produtos de nossos clientes até o ponto de venda. Nossa expectativa com essa tecnologia é expandir a nossa presença em diferentes nichos de mercado ainda não explorados”, afirma Lorenzatto. As embalagens da cerveja Heineken e as caixas display do leite Italac foram impressas com a tecnologia Hygraphics.

 

Conta ainda com outros equipamentos de alta tecnologia de última geração, 9 impressoras e duas onduladeiras da alemã BHS Corrugated. Hoje, a fábrica está operando com 50% da capacidade instalada. “Em cinco anos, a operação deve atingir capacidade de produção de 90%”, prevê Lorenzatto.

 

Steve Voorhees, CEO global da WestRock, disse que escolha de investir no Brasil se deve ao fato do país ser um importante mercado de embalagens na América Latina.

 

Fonte: LVBA Comunicação