24 de maio de 2019

Caldeiras funcionando com energia renovável, recorde na prevenção de acidentes com afastamento, redução no volume de resíduos destinados a aterros. Estes são alguns dos destaques que a PME mais sustentável do ano apresenta na quinta edição do seu Relatório de Sustentabilidade 2017-2018. Mantendo a metodologia internacional GRI (Global Reporting Initiative), a Termotécnica mostra neste documento os avanços fundamentados em sua Estratégia Sustentável, dividida nos pilares Perenidade do Negócio, Valorização das Pessoas e Economia Circular.
Em relação ao mercado, a empresa amplia sua participação no segmento de Agronegócio consolidando o portfólio de conservadoras DaColheita e valorizando as frutas, legumes e verduras no exterior. Essas soluções de embalagens em EPS proporcionam o aumento do shelf-life em sintonia com o Save Food, iniciativa da ONU que combate o desperdício de alimentos no mundo.
No segmento de Embalagens e Componentes, a empresa revitalizou sua estratégia comercial e realizou importantes esforços para desenvolver novas oportunidades neste mercado em que atua desde sua fundação, há mais de 50 anos. A nova marca iPack reúne um portfólio de soluções inteligentes para acondicionamento e proteção, passando a agregar conceitos de rastreabilidade, universalização e ecodesign.
Com a sustentabilidade já incorporada ao seu DNA, a Termotécnica avançou no uso de energias renováveis – biomassa utilizada nas caldeiras das unidades. A economia circular também é colocada em prática com o Programa Reciclar EPS.
Há 12 anos, a empresa está comprometida com a coleta e reciclagem do EPS. O Programa Reciclar EPS já deu um destino mais nobre a cerca de 40 mil toneladas, volume significativo considerando que o material é composto por 98% de ar. “O Relatório de Sustentabilidade é uma importante ferramenta de aperfeiçoamento da gestão para a Termotécnica. Nesta edição, destacamos nossas conexões com os ODS (Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável) da ONU. Apontamos nossas contribuições em 14 dos 17 objetivos, promovendo transformações dentro da empresa e nas comunidades do entorno”, ressalta Albano Schmidt, presidente da Termotécnica.

Empresa conquistou grandes avanços
• Termotécnica é a PME mais sustentável do Brasil e a melhor do segmento Químico pelo Guia Exame de Sustentabilidade 2018.
• Zero Parada de Linha nos clientes.
• Parceria com a Global Packaging Alliance garante reciclagem de embalagens de EPS nos principais mercados da América e da Europa.
• Soluções DaColheita chegam ao mercado global de frutas e recebem chancela de qualidade em laboratórios internacionais.
• Menor índice de acidentes de trabalho, sendo 50% das unidades com três anos sem acidentes.
• Melhor empresa para começar a carreira em 2017.
• 5º ano nas 150 melhores para trabalhar com Índice de Felicidade que ultrapassa 82 pontos.
• Aumento de 49,8% para 62,4% na proporção de energias renováveis – biomassa.
• Redução de 18 pontos percentuais no volume de resíduos destinados a aterros.
• Mais de 40 mil toneladas de EPS pós-consumo recicladas em 12 anos.
• Maior equidade de gênero – percentual de mulheres aumentou de 36% para 47%.
• As ações e progressos da empresa realizados no período atendem a 14 dos 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU.

O Relatório de Sustentabilidade Termotécnica 2017-2018 baseia-se na Matriz de Materialidade, onde os stakeholders foram ouvidos e apontaram os principais temas que gostariam de ver abordados ou aprofundados. Para isso, a Termotécnica colheu opiniões dos públicos de interesse que direta ou indiretamente se relacionam com a empresa: colaboradores, clientes, fornecedores e a comunidade do entorno da sede, em Joinville.

Clique aqui e confira o Relatório de Sustentabilidade na íntegra.
(http://www.termotecnica.ind.br/wp-content/uploads/2017/07/relatorio_2017_2018_baixa.pdf)

Fonte: EDM Logos Comunicação