27 de agosto de 2019

Matéria-prima essencial em nosso dia a dia, o plástico oferece uma série de benefícios e vantagens nos mais diferentes campos – saúde, economia, bem-estar, entre inúmeros outros. Mas, também, o seu descarte de forma incorreta é uma das principais preocupações mundiais do momento no que se refere ao meio ambiente.

A recente notícia de que uma equipe de pesquisadores franceses e alemães encontraram micropartículas do material caindo do céu do Ártico com a neve colocou o mundo ainda mais em alerta sobre a necessidade de soluções imediatas para a reciclagem do plástico. O Recy-Plastech 2019 – Seminário Internacional Sobre Novas Tecnologias para Reciclagem de Plásticos, nos dias 3 e 4 de setembro, no espaço Citron, em São Paulo (SP) é uma iniciativa inédita no Brasil nesta área.

Brasil 4º maior produtor de lixo plástico

Estudo feito pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF sigla em inglês) aponta o Brasil como o quarto maior produtor de lixo plástico do mundo – atrás somente dos Estados Unidos, China e Índia. Nosso país produz por ano 11.355.220 milhões de toneladas de lixo plástico, sendo que cada brasileiro produz 1 kg de lixo plástico por semana. No que diz respeito à reciclagem desse material, o Brasil é um dos que menos recicla, apenas 1.2% é reciclado, ou seja, 145.043 toneladas.

Diante deste cenário, o Recy-Plastech 2019 surge como evento estratégico e essencial neste momento para todos os envolvidos de forma direta ou indireta da cadeia industrial e produtiva de plásticos. “Uma oportunidade única de conhecer os novos conceitos e as novas tecnologias que envolvem a reciclagem de material, com foco nas soluções sustentáveis e economicamente rentáveis”, explica Lúcia Valverdes, diretora da Markeplan Feiras e Eventos, empresa responsável pela promoção e organização.

A expectativa é que o evento atraia profissionais dos mais diferentes segmentos: de empresas fabricantes de produtos plásticos – área automotiva, agrícola, saúde, construção civil, eletroeletrônica etc.; fabricantes de matéria-prima; recicladores; fabricantes de equipamentos e seus processos; de aditivos; de resinas; transformadores; gestores de resíduos; de embalagens; associações e formadores de opinião.

Reciclagem: negócio lucrativo

Trazendo como tema central “Superando desafios na reciclagem de plásticos”, o Recy-Plastech 2019 terá oito painéis e dezoito temários com renomados especialistas globais do assunto, entre eles Jan Daniel Stöger, da Erema, Áustria; Tobias Walcesky, da Nordson BKG, Alemanha; Zita Simone Oliveira Krammer, da Unilever, Brasil, Frederico Nascimento, da Sinctronics; Prof. Hélio Wiebec, da Escola Politécnica da USP; Larissa Pinheiro, da Kraton; e Ricardo Jamil Hajaj, da Abiplast.

Entre os temas estarão: Economia Circular; Panorama da indústria de reciclagem de plásticos no Brasil; A evolução da reciclagem PET e a integração com outros plásticos; Tecnologia de ponta para filtragem e descontaminação de polímeros no processo de extrusão; Desafios dos recicladores, como tornar a reciclagem de plástico um negócio lucrativo?; entre outros.

O Recy-Plastech 2019 oferece condições especiais de participação para grupos empresariais de qualquer segmento de mercado. Além disso, empresas associadas às instituições de apoio e parceiros do evento possui desconto de 20% no valor da inscrição. O número de participantes é limitado. Informações: www.recy-plastech.com

RECY-PLASTECH

Seminário Internacional sobre Novas Tecnologias para a Reciclagem de Plásticos

Data: dias 3 e 4 de setembro /2019

Horário: das 8h às 18h

Local: Espaço Citron (SP) – Av. Cecília Lottenberg, 12 – Chácara Santo Antônio (Zona Sul), São Paulo -SP

Passagens e hotéis: Mello Faro (11) 3155-4040

Entidades de apoio: Abihpec, Abief, Abimaq, Abipet, Abipla, Abiplast, Inp e Plastivida.

Patrocinadores: Erema, Kraton, Brenntag, Arkema, 3 Rios Resinas, Nordson, Deink Brasil e Sinctronics.

Organização e promoção: Markeplan Feiras e Eventos

Informações e inscrições: www.recy-plastech.com

Fonte: Markeplan