14 de setembro de 2020

A sustentabilidade é um tema cada vez mais urgente e sua relevância tem crescido exponencialmente nos últimos tempos. Recentemente o contexto da pandemia evidenciou a necessidade de voltarmos nossos olhares para aspectos socioambientais. Se por um lado o meio ambiente se recupera da ação humana durante essa pausa forçada, famílias inteiras que já viviam em situação de vulnerabilidade viram suas rendas diminuírem. É o caso de catadores e agentes de reciclagem que passaram a travar uma verdadeira batalha por sua sobrevivência com a queda na arrecadação de materiais, sobretudo após o fechamento das cooperativas em todo o país. Nesse contexto, movimentos formados por consumidores, empresas e organizações da sociedade civil que buscam soluções socioambientais efetivas ganham força e visibilidade, uma vez que está clara a necessidade de implementar ações voltadas à redução do impacto ambiental e de incentivo e suporte dos profissionais que atualmente trabalham com reciclagem. O consumo consciente e a busca por soluções ambientalmente adequadas de produtos e embalagens de uso cotidiano finalmente se tornaram assuntos de interesse comum.
Considerando esta realidade, em 2019, a Nestlé lançou o RE., uma iniciativa da marca que atua em duas principais frentes de sustentabilidade: a primeira diretriz é a educação, promovendo a conscientização em relação ao descarte do lixo com os consumidores por meio da comunicação nas embalagens dos produtos Nestlé e através do desenvolvimento de uma plataforma digital para a divulgação de conteúdos que abordam questões ambientais como economia circular, desperdício, energia limpa, entre outros. A segunda diretriz do RE. é a parceria com catadores e cooperativas para aumentar a reciclagem dos produtos e embalagens da marca e alcançar a meta de ter até até 2025, 100% das embalagens recicláveis ou reutilizáveis.
Uma das estratégias do RE. para promover a reciclagem dos produtos da Nestlé é o NINHO Recicla, um programa nacional de reciclagem de sachês da marca NINHO lançado em parceira com a TerraCycle. A iniciativa propõe que consumidores, cooperativas e organizações diversas coletem os sachês de leite em pó e compostos lácteos (da marca ou de concorrentes) e os enviem gratuitamente à TerraCycle. Além do propósito ambiental, visto que a iniciativa surge como uma solução sustentável para os sachês, que até então não estavam inseridos em uma cadeia de reciclagem, quem participa também acumula pontos que são convertidos em doações financeiras para entidades sem fins lucrativos, cooperativas de reciclagem e escolas públicas. É importante ressaltar que tanto as cooperativas quanto as escolas públicas e ONGs que coletarem estas embalagens também poderão se autobeneficiar das doações uma vez que são elegíveis para receberem o incentivo financeiro. Com essa iniciativa os consumidores têm a chance de reciclar as embalagens que iriam para o lixo e ainda ajudar quem precisa.
Para participar basta realizar o cadastro em http://www.terracycle.com.br/ninhorecicla, se inscrever no Programa NINHO Recicla e começar a coleta. Após juntar o mínimo de 1 kg de embalagens, o participante deve acessar seu perfil no site da TerraCycle, entrar na página do NINHO Recicla, solicitar uma etiqueta de envio pré-paga, imprimi-la, colar na caixa com os sachês de leite em pó e levá-la até a agência dos correios mais próxima. A cada 1 kg de embalagens enviadas, o participante recebe 400 pontos, que equivalem a R﹩ 4,00 em doações para escolas públicas, cooperativas e demais entidades sem fins lucrativos de sua escolha. As doações são feitas duas vezes ao ano e cabe ao participante resgatar seus pontos e indicar a instituição que deseja beneficiar. Vale reforçar que não apenas as embalagens de leite em pó NINHO são aceitas, a Nestlé também aceitará outros produtos do segmento, inclusive marcas concorrentes (desde que as embalagens sejam de materiais semelhantes: sachê) como uma forma pré-competitiva de aumentar ainda mais a reciclagem de embalagens plásticas.
Clique aqui para saber mais sobre o Programa de Logística Reversa NINHO Recicla.
Fonte: Imprensa TerraCycle