7 de agosto de 2019

Cada vez mais, os pais do mundo contemporâneo ficam mais vaidosos e receptivos a experimentarem produtos ligados aos cuidados pessoais. É o que mostra o mais recente estudo da GfK, uma das mais conceituadas empresas de pesquisa de comportamento de consumo do mundo.

Apesar de ser a sexta sazonalidade entre as mais importantes do ano comercial, o Dia dos Pais traz revelações significativas sobre o comportamento do consumidor de bens duráveis. Entre elas, que 81% das vendas do mês de agosto ainda são feitas no canal físico e que o mês de agosto de 2018 foi 10% superior ao mesmo mês de 2017.

Para este estudo, foram ouvidos 382 pais, sendo 58% da região sudeste e 20% da região nordeste. Neste universo, 69% são casados, 40% com escolaridade completa e 60% deles vivem em residências com mais de 2 ou de 3 pessoas. Neste universo, a metade dos entrevistados declarou ser apaixonado por saúde e bem estar, 40% disse passar pelo menos uma hora por semana cuidando da beleza e mais de um terço disseram serem conhecedores e com experiência sobre saúde e bem estar.

Quando indagados o que esperam ter em 2019, 73% responderam algum eletrônico doméstico, como TV’s, computadores ou games, por exemplo, 66% disseram desejar ter algum eletrônico pessoal como smartphone, tablet, smartwatch, percentuais superiores aos que disseram esperar ter um carro, moto, scooter com 53% e aos que responderam uma casa, apartamento ou moradia em geral, com 43%.

O estudo também constatou que 63% deles ouvem música todos os dias, 54% são apaixonados por tecnologia, e quase um terço jogam jogos eletrônicos diariamente. “Saber deste tipo de comportamento abre espaço para o varejo apostar também em smartphones ou caixas de som bluetooth ou até mesmo smartwatches”, opina Ricardo Moura, um dos coordenadores do estudo.

Na opinião de Moura, os pais ouvidos mostram desejos mais reais, mais palpáveis e acessíveis nesta sazonalidade. “Nesta data comercial, identificamos as maiores variações positivas em produtos com o ticket médio mais baixo, como os produtos ligados a cuidados pessoais e beleza masculinos, no caso, os aparadores de barba (crescimento de 119% na semana do Dia dos Pais em relação à semana anterior), barbeadores elétricos (aumento de 242% na semana do Dia dos Pais em relação à anterior) e cortadores de cabelo (crescimento de 11% no mês de agosto de 2018 em relação à julho do mesmo ano), por exemplo”, destaca o executivo.

Para este tipo de produto, agosto é o mês mais importante nas vendas. No caso dos aparadores e barbeadores, o mês do Dia dos Pais apresenta os mais altos índices de vendas, mesmo com resultado muito positivos na Black Friday. Já no caso dos cortadores de cabelo a Black Friday consegue superar o mês de agosto.

Fonte: DFREIRE Comunicação e Negócios