13 de novembro de 2020

A produção de papelão ondulado totalizou 362.098 toneladas em outubro de 2020, maior nível na série histórica sem ajuste sazonal. Segundo a ABPO (Associação Brasileira do Papelão Ondulado), a produção de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado foi de 362.098 toneladas em outubro, volume superior em 8,0% em relação ao mesmo mês em 2019. “Este é o novo recorde mensal entre os meses de outubro e maior número de expedição para série iniciada em janeiro de 2005. Com a mesma quantidade de dias úteis (26 dias úteis em outubro de 2020 e 2019), a produção por dia útil também cresceu 8,0% para 13.927 t/d.u.”, afirma Viviane Seda Bittencourt, coordenadora de sondagens da FGV IBRE.

“Considerando os dados livres de influência sazonal, a produção de papelão ondulado recuou 2,0% em outubro, para 336.047 toneladas, após avançar nos quatro meses anteriores. A expedição por dia útil nos dados sazonalmente ajustados foi de 12.925 t/d.u., 5,8% inferior a setembro”.

Fonte: ABPO