14 de abril de 2021

A prévia dos indicadores da Empapel sinaliza que o Índice Brasileiro de Papelão Ondulado (IBPO) subiu 13,7 pontos em março na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 156,4 pontos (2005=100).

Em termos de volume, a expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado alcançou de 351.119 toneladas no mês, número que supera em 9,6% o do mesmo mês de 2020. Este é o maior volume expedido para os meses de março, sendo também a nona vez consecutiva em que o crescimento interanual do volume expedido é recorde. Com os números desta prévia, o volume de expedição por dia útil foi de 13.004 toneladas em março, um aumento de 5,6% na comparação interanual. Este é o maior volume por dia útil da série histórica para os meses de março. Março de 2021 registrou um dia útil a mais na comparação com março de 2020.

Considerando-se dados trimestrais, a prévia da Empapel apurou, no primeiro trimestre de 2021, um volume de expedição do papelão ondulado 9,2% superior ao do primeiro trimestre de 2020.

Considerando-se dados livres de influência sazonal, a prévia de março sinaliza queda de 5,0 pontos do IBPO, de 156,0, em fevereiro, para 151,0 pontos.

O volume expedido de papelão ondulado recuou 3,2%, para 338.316 toneladas. A expedição por dia útil nos dados sazonalmente ajustados foi de 12.530 t, 17,5% inferior a fevereiro passado.

O volume expedido de papelão ondulado no primeiro trimestre de 2021 superou em 2,7% os dados do trimestre imediatamente anterior, com ajuste sazonal, nesta prévia de março.

Fonte: Empapel