12 de fevereiro de 2021

Faltam poucas semanas para o encerramento das inscrições para o Eco-Desafio 12.0, programa em parceria da PepsiCo com a YABT (Young Americas Business Trust). O prazo vai até o dia 28 de fevereiro, e o projeto vencedor será premiado com o valor de U﹩ 5 mil em capital semente em cada categoria do programa para impulsionar a ideia ou projeto.
Em sua 12ª edição, o Eco Desafio é uma iniciativa dedicada às pessoas entre 18 a 34 anos da América Latina e Caribe, que visa o fomento do empreendedorismo, a busca pela inovação e cocriação de soluções voltadas para sustentabilidade e que resultem em um menor impacto ambiental no mundo. Além da premiação, o projeto oferecerá mentoria gratuita, networking e visibilidade internacional para as equipes que chegarem às finais.
Os interessados podem inscrever os seus projetos em duas categorias:
• “Reinventar: Além da Garrafa”, cujo foco é o desenvolvimento de inovações voltadas para a criação de materiais de embalagem alternativos que sejam recicláveis, compostáveis ou biodegradáveis para substituir ou reduzir o uso das garrafas plásticas tradicionais (PET). 
• “Reciclar e Reutilizar”, ideias que apoiam a economia circular do plástico desenvolvendo ferramentas, estratégias e programas que permitam o aumento de canais de reciclagem escalonáveis, criando diferentes usos pós-consumo para cada embalagem, possibilitando a reintrodução no mercado. 
As inscrições para o Eco-Desafio 12.0 podem ser feitas no portal oficial do programa http://www.ticamericas.net/eco-desafio/.
Sobre o Eco-Desafio
O Eco-Desafio nasceu em 2009 e, até a última edição, recebeu mais de 18 mil propostas de negócios apresentadas por 24.271 jovens em mais de 33 países da região; premiando 44 projetos e entregando US﹩ 220.000 em capital semente para impulsionar essas ações. Em sua última edição, realizada em 2020, o Brasil foi o país com maior número de inscrições e projetos registrados em toda a América Latina além de ter como um dos vencedores a iniciativa Eco Panplas, do brasileiro Felipe Cardoso.
Fonte: In Press Porter Novelli