5 de abril de 2021

A Novelis, líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, comemora a recuperação do seu volume de vendas de chapas de alumínio. A empresa vem observando a curva ascendente desde o mês de junho de 2020 e, para um ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, os resultados são expressivos: no último trimestre, encerrado em dezembro de 2020, a empresa registrou recorde histórico de embarques de laminados.

“A chegada da pandemia mudou o comportamento do consumidor e o canal de venda da cerveja. Com o aumento do consumo de cerveja em supermercados, observamos um crescimento da lata no mix de embalagens”, afirma Augusto Nogueira, vice-presidente Comercial da Novelis. “A participação da lata no segmento de cerveja ultrapassou 60% conforme estimativas”, finaliza o executivo.

A alta registrada em volume de vendas da empresa no último trimestre foi de cerca de 8%, em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando ainda não havia a pandemia.

De encontro à crescente demanda nacional por chapas de alumínio, a Novelis segue com o projeto de expansão da fábrica de Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, com investimento de R$ 650 milhões.

“No final do projeto de expansão, nossa capacidade de produção de chapas e também a capacidade de reciclagem aumentarão em 100 mil toneladas/ano. O investimento elevará a capacidade da fábrica de chapas para 680 mil toneladas/ano e a capacidade de reciclagem de sucata de alumínio para 490 mil toneladas/ano”, reforça Augusto. Hoje, a planta de Pinda já constitui o maior complexo de laminação e reciclagem de alumínio da América Latina.

Além da praticidade e da segurança proporcionadas pela lata de alumínio, o consumidor ainda valoriza e beneficia uma cadeia altamente sustentável: o Brasil é referência mundial quando o assunto é reciclagem da lata de alumínio. Em 2019, o índice de reciclagem da lata de alumínio foi de 96,7%. Desse total, a Novelis é responsável por 60%.
Fonte: Edelman