16 de outubro de 2020

A Klabin adquiriu as unidades de embalagens de papelão ondulado e papel para embalagens da International Paper no Brasil, em março deste ano, por R﹩ 330 milhões. A transação foi concluída após a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). As fábricas, localizadas em Suzano, Franco Rocha e Paulínia (São Paulo); Manaus (Amazonas) e Rio Verde (Goiás), passam a operar a partir de agora sob a gestão da Companhia.
O movimento fortalece a consolidada posição da Klabin de líder no segmento de papelão ondulado no Brasil. Com a aquisição, a empresa atingirá capacidade instalada de produção de mais de 1 milhão de toneladas de embalagens de papelão ondulado por ano. Os ativos também marcam a chegada da empresa com uma unidade industrial no Centro-Oeste, reforçando o atendimento na região, que tem o setor de proteína animal como um segmento competitivo para a economia brasileira e com grande crescimento.
“A ampliação da capacidade e a presença nas cinco regiões do país está alinhada à estratégia de integração e diversificação da Companhia, que expandirá seu atendimento a diferentes mercados e clientes, além de comprovar a solidez e visão de futuro da Klabin. Acompanhamos com atenção a crescente demanda por soluções de embalagens sustentáveis, incluindo o aumento das vendas por e-commerce, e estamos preparados para o maior investimento da história da Klabin, o Projeto Puma II, que agregará duas novas máquinas de papel à empresa, que aliadas à integração com as unidades adquiridas reforçam nosso foco no mercado interno”, afirma Douglas Dalmasi, diretor de Embalagem da Klabin.
A aquisição também ressalta a posição da Klabin de maior recicladora de papéis para embalagens e maior fabricante de papéis reciclados do Brasil, saindo de uma capacidade anual de 260 mil toneladas para mais de 400 mil toneladas de papel reciclado, material utilizado na produção do miolo das caixas de papelão ondulado. Desta forma, a empresa destaca a sua atuação sustentável, ao operar em uma cadeia totalmente integrada, contribuindo ativamente para a economia circular e a gestão de resíduos sólidos no Brasil.
A integração das novas unidades, bem como de seus colaboradores, foi minuciosamente planejada nos últimos meses e busca consolidar as sinergias.
Nova Campina (SP)
Em junho deste ano, a Klabin anunciou a venda da unidade de papéis para embalagens de Nova Campina (SP) – também adquirida no mês de março -, para o Grupo Klingele Paper & Packaging. A transação reforça o racional estratégico da Companhia, que tem como foco o segmento de papelão ondulado e sua integração com as atuais e futuras máquinas de papéis da Companhia.

Fonte: In Press Porter Novelli