16 de novembro de 2020

A prevenção da mudança climática é um dos desafios mais urgentes de nosso tempo, especialmente em meio à crise do novo coronavírus. Para cumprir sua responsabilidade corporativa para com a sociedade atual e as gerações futuras, o Conselho de Administração da Krones aprovou uma nova estratégia climática. Isso inclui um pacote abrangente de medidas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em toda a empresa.

A Krones tomou tal decisão por ocasião do término de suas metas anteriores de prevenção às mudanças climáticas. Estas haviam estabelecido uma redução das emissões de CO2 relacionadas com a geração de energia em 30-40% por cada milhão de euros de volume de negócios. Os objetivos foram alcançados no final de 2017 e mantidos até o momento. Agora, a empresa reformula as suas pretensões de sustentabilidade de uma forma muito mais ambiciosa e dupla.

Em primeiro lugar, através de uma extensão do alcance das novas metas: se até agora o foco eram as emissões da Krones AG na Alemanha, a nova estratégia climática é estendida a todas as unidades de produção do Grupo. Em segundo lugar, os indicadores a serem alcançados são mais rigorosos. Nesse sentido, a Krones trabalha para atingir as seguintes metas de redução absoluta até 2030:

• 80% menos emissões de gases de efeito estufa de alcances 1 e 2
• 25% menos emissões de gases de efeito estufa de alcance 3

Os alcances 1 e 2 incluem todas as emissões causadas em sites próprios, como, por exemplo, pela utilização de veículos e unidades de produção ou aproveitamento de energia adquirida. O alcance 3 inclui o restante das emissões originadas nas fases anteriores e posteriores da cadeia de valor. Dentre estas últimas, destaque para as emissões decorrentes do uso dos produtos da Krones.

Por meio do desenvolvimento de suas tecnologias de eficiência energética, o Grupo Krones deseja não apenas ajudar seus clientes a atingir seus respectivos objetivos climáticos, mas, acima de tudo, reestruturar de forma mais sustentável a indústria de alimentos e bebidas como um todo. A menor meta de redução em relação aos alcances 1 e 2 deve-se aos sucessos que a Krones já alcançou nesta área: o programa enviro tem promovido sistematicamente a eficiência energética dos produtos da Krones ao longo dos anos e, portanto, deixa menos espaço para economias potenciais em atividades futuras.

A fim de fornecer evidências objetivas para a própria empresa e seus stakeholders, a Krones contratou o órgão independente Science Based Targets Initiative (SBTi) para avaliar a sua estratégia climática. O resultado confirmou que o Grupo Krones está trilhando o caminho certo também do ponto de vista científico. De acordo com o SBTi, as metas climáticas da Krones ajudam a limitar o aquecimento global causado pelo efeito estufa em 1,5 °C. Por esse motivo, a nova estratégia, pautada pela ciência, foi considerada ambiciosa.

Fonte: Imprensa Krones