29 de julho de 2019

A Produce Marketing Association – PMA, é uma associação criada em 1949 e que reúne a comunidade global da horticultura e floricultura para entregar ao mundo um alimento mais saudável e sustentável. Presente na África, Ásia, Oceania, América Latina, Europa e América do Norte, a entidade conta com 2.900 empresas associadas, 46.000 compradores e fornecedores, em 55 países.

No Brasil, conta com 77 associados (produtores, distribuidores, fornecedores de produtos| serviços e varejistas) e o objetivo da associação segue a estratégia global, adequando as demandas específicas e locais. Seu papel é ser facilitadora e para 2019 busca ativar e incentivar a comunidade PMA a participar de cinco (5) áreas Foco: Criação de Demanda, Talentos da Indústria, Conexões Globais, Ciência e Tecnologia e, Sustentabilidade.

Líderes de toda a cadeia de suprimento de produtos agrícolas frescos se reunirão em São Paulo, Brasil, em 21 de agosto, para as Fresh Connections: Brasil, da Produce Marketing Association (PMA). O evento contará com oportunidades de networking, poderosas sessões educacionais e uma exposição de produtos e serviços. Cathy Burns, CEO da PMA, fará a apresentação de abertura

O sexto evento anual conectará os participantes a insights, ideias e indivíduos que podem ajudar a expandir os negócios na América do Sul. Os participantes incluirão produtores, exportadores, varejistas e prestadores de serviços comerciais brasileiros que operam em seu mercado interno, bem como importadores e exportadores internacionais que operam na América do Sul. O evento também oferecerá oportunidades de crescimento para exportadores da Europa, Chile, Argentina, Peru e China para o Brasil.

Mais de 50 expositores irão participar da exposição, que conta com produtores e prestadores de serviços como a Alfa Citrus, BASF, Benafrutti, Da Colheita, Estação Sabor Brasil, Fazenda Rio Bonito, Fava Frutas, Frutas Doce Mel, GS1 Brasil, Itaueira, Nortefrut, Paripassu, Produtores do Bem, Sakata, Terphane, Trebeschi, Vegetais Saudáveis, VLAM, Zespri e muito mais.

Além de inestimáveis oportunidades de networking com empresas, líderes e contatos locais do setor, as sessões educacionais explorarão os mercados emergentes, as tendências de consumo e varejo e as melhores práticas para gerenciar riscos e maximizar oportunidades de crescimento no Brasil.

Na sessão “Estado da Indústria Global de Produtos Frescos ”, a CEO da PMA discutirá as principais tendências que impactam diretamente o Brasil, de orgânicos a plant-based; tecnologia e rastreabilidade; concorrência e colaboração. Antes de ingressar na PMA em 2013 como presidente e depois assumir a posição de CEO em 2017, Burns passou 30 anos na indústria de supermercados dos EUA. Sua experiência no setor de varejo abrange uma série de cargos de nível sênior na Hannaford Brothers e na Food Lion, incluindo presidente da marca Food Lion, onde ela era responsável pelas operações gerais em 1.200 supermercados.

Outras sessões educacionais incluirão:

  • Compras de Frutas e Vegetais pelos Consumidores Brasileiros – Saiba o que os consumidores levam em consideração com o Prof. José Luiz Tejon Megido
  • Fundos de Investimento: o que significam para o futuro do varejo brasileiro – os participantes poderão conhecer as respostas para três importantes questões de investimento: Por que as principais instituições financeiras estão investindo no Brasil? Por que eles estão investindo no varejo? Quão importante é a venda de produtos frescos no Retorno sobre Investimento (ROI) dos investidores?

 

Fonte: Vera Moreira Assessora de Comunicação PMA Brasil