8 de janeiro de 2021

No último mês, as embalagens de papelão ondulado da Klabin foram responsáveis por proteger e garantir a integridade de 20 toneladas de melões durante o seu transporte até a China. As frutas embarcadas por via marítima, resistiram a mais de um mês de viagem, chegando ao continente oriental com qualidade para serem comercializadas e consumidas.

As embalagens de papelão ondulado utilizadas são produzidas a partir da fibras virgens, ideais para o contato direto com alimentos. Trata-se de um produto especial, desenvolvido para aliar alta resistência a impacto, proteger e garantir a integridade dos produtos em ambientes controlados de temperatura e umidade, comuns durante todo o transporte. As embalagens são certificadas por órgãos internacionais, que garantem que os alimentos sejam armazenados e transportados com total segurança e livres de contaminação. Além disso, seu design colabora com a redução do desperdício, já que possui sistema de furação que possibilita a ventilação ideal para a conservação das frutas. O embarque, realizado em caráter experimental, deverá se repetir em breve, ampliando de forma significativa as oportunidades para o mercado brasileiro de fruticultura.

“Estamos entusiasmados com o sucesso da operação. Certificar que as frutas chegaram íntegras na China é comprovar que nossas embalagens têm a qualidade e a resistência necessárias para enfrentar as adversidades de um trajeto longo. Essa transação reforça o propósito da Companhia em oferecer produtos inovadores e que estejam em linha com a evolução dos negócios e a conscientização mundial por produtos mais sustentáveis”, afirma Gabriella Michelucci, diretora de Papelão Ondulado da Klabin.

Assim como os demais produtos desenvolvidos pela Klabin, as embalagens de papelão ondulado são feitas a partir de florestas plantadas e certificadas, ou seja, provenientes de fontes renováveis, além de serem totalmente recicláveis.

A China é considerada grande consumidora de melões. Em 2017, o país asiático foi responsável pelo consumo de, aproximadamente, 17 milhões de toneladas da fruta. Já o Brasil é o terceiro maior produtor de frutas no mundo, ficando atrás apenas da China e da Índia. Segundo dados da ABRAFRUTAS (Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados), em 2019, o Brasil exportou mais de 251 mil toneladas de melão para diversos países, um aumento de 27% em relação ao ano anterior.

Capacidade produtiva ampliada
No início de 2020, a Klabin iniciou as operações de uma unidade industrial em Horizonte, no Ceará. A fábrica tem o objetivo de ampliar a produção de embalagens de papelão ondulado na região, antevendo o atendimento ao crescente mercado de fruticultura no Nordeste do País. Outra importante aquisição, também realizada no ano passado e que aumentará de maneira significativa a capacidade produtiva da Companhia e, consequentemente, de atendimento a diferentes segmentos e regiões, foram as unidades de embalagens de papelão ondulado e papel para embalagens da International Paper no Brasil. Com a incorporação, a capacidade instalada de produção da Klabin passa a ser de mais de 1 milhão de toneladas de embalagens de papelão ondulado, consolidando sua posição de liderança no segmento.

Fonte: In Press Porter Novelli