4 de maio de 2020

Como parte do compromisso global de auxiliar a população no combate à proliferação da COVID-19 e a redução de seus impactos nas comunidades em que atua, a Dow está lançando diversas frentes sociais para apoiar causas relacionadas à saúde ou para assistência às comunidades mais afetadas. No Brasil, as iniciativas sociais apoiadas pela empresa equivalem a mais de R$ 2,5 milhões de investimento nesta primeira leva de ações.

A seguir, um panorama das primeiras ações anunciadas pela Dow:

Profissionais que fazem parte do projeto Reciclagem que Transforma – que visa profissionalizar a rede de coletores de material reciclável no Brasil – receberão vales-alimentação no valor de R$ 200 cada um, no período em que as cooperativas estão fechadas preventivamente e muitos de seus integrantes não são elegíveis ao programa de auxílio anunciado recentemente pela prefeitura da capital paulista. Ao todo, R$ 100 mil serão destinados para essa ação, beneficiando 17 cooperativas de diversas cidades do estado de São Paulo, atingindo aproximadamente 500 pessoas. O objetivo é minimizar os impactos da pandemia no dia a dia desses profissionais e suas famílias, que tiveram sua renda drasticamente reduzida.

Outra iniciativa é a realocação de parte da verba de projetos sociais da empresa para entidades voltadas às comunidades em que a Dow atua. Desta doação, cerca de R$ 156 mil serão destinados para seis organizações, que prestam assistência social e à saúde a populações vulneráveis. Parte desse montante será destinada para a aquisição de testes rápidos, máscaras descartáveis, respiradores, camas hospitalares e aspiradores de secreções, que serão oferecidos ao Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil, que atua em todo o Brasil, contribuindo com entidades que estão na linha de frente no combate à COVID-19.

A outra parte da verba será revertida em cestas básicas, itens de higiene e equipamentos de proteção individual a serem entregues às entidades Lar Vida em Salvador – BA (que abriga mais de 100 crianças, adolescentes e adultos em situação vulnerável); Lions Clube de Santos Dumont – MG (que promove trabalhos voluntários voltados às comunidades locais); Instituto Elos, em Guarujá – SP (responsável pela mobilização de recursos para as comunidades da região); Torpedos Mirim em Breu Branco – PA (projeto educacional que está centralizando esforços para ajudar o Hospital de Breu Branco e os afetados pelos alagamentos em Tucuruí).  E, por fim, doação de cestas básicas à Arco Associação Beneficente – SP, organização que desenvolve programas de atendimento básico para 600 crianças e adolescentes excluídos socialmente.  As entidades foram selecionadas de acordo com sugestões de funcionários de cada região em que a Dow atua, o que reflete o comprometimento da empresa.

Além disso, como forma de ampliar o alcance destas ações, a Dow criou uma campanha interna em que cada real doado voluntariamente pelo funcionário garantirá uma contrapartida de mesmo valor pela empresa. “Foi um mecanismo que encontramos para que, além de orgulho em trabalhar na Dow, as pessoas possam se sentir parte dessa rede de solidariedade e enviar seu carinho na forma de doação”, explica Javier Constante, presidente da Dow na América Latina.

Estas ações complementam uma iniciativa que começou há três semanas, quando a empresa readequou a sua operação em Hortolândia – SP, que antes produzia silicone, para fabricar álcool em gel. Essa mudança no formato da fábrica possibilitou a produção de 25 toneladas de álcool em gel, que terá parte doada para as cidades paulistas de Campinas, Guarujá, Hortolândia, Jacareí e Jundiaí, beneficiando mais de 200 unidades públicas de saúde entre hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Unidades de Saúde (UBS) e Centros de Atenção Psicossociais (CAPS). Outra parte, 15 mil litros, está sendo redirecionada com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e tem como destino 16 grandes hospitais públicos do estado,  dentre eles o Instituto de Infectologia Emilio Ribas, o Conjunto Hospitalar do Mandaqui, o Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, o Hospital Heliópolis e o Hospital Guilherme Álvaro, entre outros.

“Estamos orgulhosos da rede de apoio que mobilizamos, por meio de fornecedores, clientes, instituições governamentais, organizações sem fins lucrativos, funcionários e comunidades, para fornecer ajuda necessária ao combate da COVID-19 e enfrentar os principais desafios que afetam nossas comunidades”, completa o executivo. “Nosso objetivo é estar mais unidos do que nunca, ainda que distantes geograficamente, em prol daquilo que acreditamos, que é a colaboração na luta contra uma pandemia que aflige todo o planeta. Com o apoio e a parceria entre os setores público e privado, superaremos esses tempos desafiadores”, finaliza Constante.

Além dos esforços no Brasil, a unidade da Dow no México fará parceria com a United Way-Fondo Unido México para doação de alimentos às comunidades afetadas pelo isolamento da COVID-19, e equipamentos sob medida para pessoas com deficiência, a fim de evitar a disseminação do vírus e promover iniciativas que forneçam aos jovens as ferramentas para mitigar os potenciais efeitos negativos do isolamento social. Na Argentina e Colômbia haverá distribuição de suprimentos médicos e de higiene, além de apoio às cooperativas de reciclagem, nos mesmos moldes do Brasil. Globalmente, a companhia destinou U$ 3 milhões para o combate ao novo coronavírus.

Fonte: Oribá Comunicação