25 de novembro de 2019

Sempre à frente e com um dos parques gráficos mais modernos do país, a Congraf Embalagens busca atender a demanda crescente do mercado, que deseja qualidade com agilidade. Percebendo essa necessidade dos clientes que solicitam prazos cada vez mais curtos, a fabricante de embalagens investiu recentemente num equipamento de corte e vinco que vai agilizar consideravelmente seu fluxo de trabalho.

 

O modelo Autoplatina Novacut 106 E 3.0 da Bobst, corta e vinca 8.000 folhas por hora, aumentando a velocidade de corte e vinco das folhas impressas.

 

“Em nossa gestão de análises críticas, entendemos que cresce significativamente o número de pedidos com prazos cada vez mais curtos e assim, decidimos nos ajustar para produzir com mais agilidade. Acertamos quando focamos nessa necessidade e fiéis aos prazos, conseguimos atender nossos clientes e conquistar novos, aumentando a demanda”, explica Sidney Anversa Victor Junior, diretor industrial.

 

Faz parte da filosofia da Congraf, buscar entender e cumprir as necessidades dos clientes em relação a qualidade e prazo de entrega. As atuais impressoras da indústria de embalagens, também são o que há de mais moderno no mercado nacional e rodam mais rápido do que os equipamentos de acabamento. Por isso, a empresa investiu nesse equipamento de alta performance, visando aumentar a capacidade de produção.

 

“Esse alto grau de investimento em equipamentos de impressão e acabamento faz parte da decisão dos nossos gestores, para realizar prazos menores com qualidade e nesse caso, a Bobst produz equipamentos de referência que sempre nos dão retornos concretos. Estamos certos de que teremos excelentes resultados através dessa aquisição”, considera o diretor.

 

A Autoplatina Novacut 106 E 3.0 da Bobst começa a operar na Congraf já em Novembro de 2019.

 

Fonte: Frisson Press