18 de maio de 2020

Antecipar necessidades e estar atenta às novas tecnologias para uma embalagem cada vez mais amigável está entre as prioridades da Camargo Cia de Embalagens. Por isso, mais uma vez a indústria foca suas ações na tríade “embalagem funcional, bonita e sustentável”.

 

A princípio idealizada para atender ao segmento de cosméticos, a nova embalagem acaba de receber a  liberação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também para o mercado alimentício.

O primeiro Stand-Up Pouch Sustentável consistem em um laminado de Filme Plástico PCR (feito com  30% de resina pós-consumo de garrafas recicladas), com Filme Plástico Verde (feito com 51% de resina de cana-de-açúcar).

 

Segundo o diretor da Camargo Cia de Embalagens, Felipe Toledo, mesmo o formato tendo sido desenvolvido para o mercado de cosméticos, mais especificamente sabonetes líquidos, creme, etc. com dosagens entre 180 e 200ml, é possível atender os mais variados segmentos da economia, acondicionando diversos produtos a partir da avaliação de necessidade de barreira, tanto para itens formatados quanto em bobina.

 

“Esta estrutura alia características importantes no quesito sustentabilidade: Economia Circular, onde resíduos viram insumos para novos materiais; e Redução de Impacto Ambiental: utilizando materiais produzidos com fontes renováveis. Unindo estas soluções, temos uma embalagem final muito mais amigável ao meio ambiente, causando menos impacto até chegar à mesa do consumidor final”, diz.

 

Fonte: THRIVE Soluções Empresariais/ Agência Empathy (Design)