5 de outubro de 2020

Bonafont, marca de água mineral natural da Danone, anuncia seu compromisso de sustentabilidade até 2025, garantindo que NENHUMA GARRAFA A MAIS ACABE NA NATUREZA, uma grande mudança para o mercado e para o portfólio da marca.
O compromisso de sustentabilidade que Bonafont apresenta ao mercado tem três grandes pilares, sendo eles:
• Recolher e reciclar 100% do volume de plástico que coloca no mercado;
• Reduzir o uso de plástico virgem em seus produtos, alcançando 50% de Rpet (PET reciclado pós-consumo) em suas garrafas até 2025 e 100% até 2030;
• Incentivar o uso do seu portfólio retornável de galões, a linha Bonafont Re.torna, aumentando sua disponibilidade no estado de São Paulo.
Para alcançar o compromisso, desde janeiro deste ano, Bonafont já recolhe 100% do volume equivalente de plástico que coloca no mercado. Sua ambição é chegar a cerca de 1 bilhão de garrafas a menos até 2025, e para isso vem trabalhando em soluções para alcançar um modelo de negócio 100% circular.
Para tangibilizar o compromisso o novo rótulo foi idealizado para representar a ação de recolher e reciclar 100% do volume de plástico produzido por Bonafont, que entrou em vigência em 2020.
“Nossa missão é levar a melhor solução de hidratação para os consumidores, porém, não podemos ignorar a realidade sensível que o plástico impõe ao nosso planeta, por isso, precisamos agir para o desenvolvimento consciente da categoria de água mineral e inspirar outras empresas. Para isso selecionamos alguns formatos específicos para carregarem a mensagem, mas Bonafont recolhe e recicla 100% do volume equivalente de plástico produzido, ou seja, todas as nossas garrafas, rótulos, tampa e outros componentes das embalagens”, comenta Ricardo Vasques, Presidente da Divisão de Águas no Brasil. ”
O plástico é considerado um material seguro, mais leve e mais versátil para o envase de bebidas, por isso se tornou tão comum no mercado. Entretanto, o ciclo de vida do plástico sempre foi visto em um modelo linear de extração, transformação, consumo e descarte. Bonafont entende que deve fomentar que este sistema se torne circular, reduzindo a necessidade de matéria-prima virgem, colaborando com a cadeia para que as soluções sejam construídas em conjunto, oferecendo melhores opções para o consumidor e garantindo o processo de coleta e reciclagem. Dessa forma, o modelo linear de consumo do plástico transforma-se em um sistema circular, reduzindo o impacto no meio ambiente.

LANÇAMENTO DA GARRAFA BONAFONT MANIFESTO
Para celebrar este momento, a marca Bonafont também lança a GARRAFA MANIFESTO, que já está chegando nas lojas. Uma garrafa que materializa o que a empresa acredita em ser o futuro da categoria. Em formato de 1L, 100% feita de outras embalagens da marca, cumpre com o objetivo de promover inovação, questionar os modelos atuais e comprovar que os desafios e a tecnologia são uma fonte incrível de soluções.  
Garrafa Bonafont 100% feita com PET reciclado e sem rótulo
Garrafa Bonafont 100% feita com PET reciclado e sem rótulo
A nova garrafa traz em sua concepção a proposta de circularidade, por ser feita galões da linha Bonafont Re.torna em seu fim de vida. A garrafa não tem rótulo também como uma forma de reduzir o uso de plástico e facilitar o processo de reciclagem.
“Temos a intenção de que esta GARRAFA MANIFESTO se torne um símbolo dos desafios que estão nos movendo e desperte um olhar para o consumo consciente, que pode ser um grande elo de toda a cadeia para promover a mudança sistêmica que precisamos percorrer”, destaca Erica Migales, Diretora de Marketing da divisão de Águas Danone Brasil. 
A decisão de promover um ícone que materializa a ambição de onde a marca quer chegar, é resultado de grandes mudanças que foram necessárias para Bonafont evoluir na jornada de sustentabilidade que está só começando.
“Chegar até aqui não foi fácil. Tivemos entraves em todos os elos da cadeia, desafios no mercado de reciclagem, desafios em suprimentos, questões de engenharia de fábrica, regulamentação, design e a definição da melhor mensagem para o consumidor, pois mais do que uma empresa de águas, queremos poder impactar positivamente o meio ambiente e a vida dos consumidores”, finaliza Erica. 
Repensar um novo modelo de negócio envolve um trabalho de muita colaboração com diversos elos da cadeia de produção, além do esforço dos times internos. As iniciativas de Bonafont passaram pelo engajamento de fornecedores, busca de novas soluções técnicas, testes nas fábricas, desafios de processo, além de um modelo de trabalho diferenciado.
“Na divisão de Águas, acreditamos que temos a responsabilidade de proporcionar melhores escolhas de hidratação para nossos consumidores e o compromisso de Bonafont é uma forma de poder comunicar estas mudanças para o mercado. Entretanto, para este movimento acontecer, foi preciso mudar o nosso negócio”, finaliza Vasques. 
QUALIDADE E EXPERIÊNCIA BONAFONT
Além de atuar com o plástico, Bonafont continuará garantindo a melhor experiência de produto para seus consumidores. Isso significa que mesmo com todos os esforços que a companhia está fazendo, o padrão de qualidade do grupo Danone continuará sendo o mesmo, seja com relação a pureza da água mineral intocada desde a fonte seja de suas embalagens.
A água mineral é a solução mais segura para se hidratar, uma vez que é proveniente de fontes subterrâneas, muito mais protegidas de contaminações humanas e ambientais. Ainda, a água mineral natural não passa por nenhum tratamento químico, como acontece com a água da torneira e do filtro, para se tornar potável, portanto ela é pura e tem uma origem totalmente natural, ou seja, é intocada da natureza até o envase.
“Os Padrões de Qualidade da Danone são muito rigorosos. Nesse projeto não foi diferente. Buscamos identificar e desenvolver fornecedores capazes de atender aos requisitos de qualidade e segurança alimentar de forma integral. Foram vários desafios, incluindo o de ter uma cadeia de suprimento capaz de oferecer uma resina reciclada com alto padrão de qualidade”, comenta Daniel Leonardi, Diretor de Qualidade da Divisão de Águas.
Fonte: MSL Group