14 de julho de 2021

Hoje a codificação das embalagens de transporte é tão importante quanto à identificação de embalagens primárias e secundárias. Os requisitos para identificação de caixas de transporte evoluíram, com impressão de maior quantidade de informações, bem como os requisitos dos clientes para atender diversos cenários, como por exemplo, automação de linha industrial ou do processo logístico. “Para ter sucesso na automação, a correta e uma boa identificação das embalagens de transporte é necessária”, explica Carlos Cavinatto, gerente comercial para equipamentos de codificação da Sunnyvale.

 

Um exemplo da evolução da codificação de embalagens de transporte é o que acontece no mercado eletrônico que vem experimentando um crescimento exponencial, nos últimos anos, com uma característica diferente. “A caixa de embarque utilizada por este setor é mais customizada”, explica Cavinatto. Ele continua: “Também é preciso estar atento à legislação para identificação de caixas de transporte. Por exemplo, no caso do e-commerce, a nota fiscal agora é eletrônica, a empresa pode colocar um link na etiqueta para o consumidor acessá-la”.

 

As codificadoras passaram por um ganho de tecnologia e de desempenho.

Atualmente, a Sunnyvale oferece várias tecnologias para identificação de diferentes tipos de materiais de embalagem de transporte, para impressão de dados fixos ou dados variáveis, para impressão direta ou de etiqueta. “O que vai permitir um melhor desempenho são os requisitos que cada cliente está buscando”, afirma Cavinatto.

“Temos, por exemplo, codificadora, que utiliza tecnologia piezo elétrico, com excelente qualidade de impressão. A gente vê uma evolução para impressão de caixa de transporte de materiais porosos, como o papelão ondulado, com tintas específicas que são facilmente absorvidas. Já para impressão em superfícies não porosas, há tinta com cura UV para melhor aderência nas embalagens”.

 

A modernização da impressão direta de caixas de transporte trouxe uma minigráfica para o processo de produção. “Hoje, a empresa tem disponível além do preto ou branco, a possibilidade de misturar cores para imprimir a sua logomarca ou a imagem do produto”, destaca Cavinatto. Ele continua: “A impressão direta otimiza o estoque de embalagens de transporte e reduz-se os custos operacionais no centro de distribuição”.

 

O sistema de automatização na aplicação e impressão de embalagens de transporte reduz os custos do processo. “Os equipamentos de codificação têm custo atrativo para que os clientes ganhem escala de produção. Antes restritos para grandes indústrias, hoje estão acessíveis para pequenas e médias empresas”, afirma.

 

A entrevista completa com Carlos Cavinatto, gerente comercial para equipamentos de codificação da Sunnyvale, pode ser assistida em nosso perfil no Linkedin.