5 de novembro de 2021

Como um dos maiores fabricantes de embalagens de papelão ondulado do mundo, a Smurfit Kappa tem um modelo de negócios circular que ajuda a incorporar a sustentabilidade em cada fibra. “Nosso objetivo é causar mudanças positivas: desde a origem sustentável das nossas principais matérias-primas até minimizar nosso impacto operacional e reduzir a pegada ambiental dos nossos clientes e consumidores”, afirma Manuel Alcalá, CEO da Smurfit Kappa Brasil. As operações da companhia no Brasil possuem certificação FSC da cadeia de custódia, que garante que os produtos são produzidos a partir de florestas plantadas bem manejadas.
Para a produção da embalagem de papelão ondulado, os desenvolvedores da Smurfit Kappa estão conectados com uma plataforma global de inovação. “Eles podem calcular a pegada de carbono de cada embalagem para ajudar a minimizar os impactos no clima”, afirma Alcalá. Recentemente, a empresa deu mais um importante passo na sua agenda de sustentabilidade, com o lançamento de um título verde de 1 bilhão de Euros. “Trata-se de um marco na nossa história que dá aos clientes a possibilidade de investir em projetos sustentáveis claros e transparentes. Estamos muito dedicados à sustentabilidade e nas demandas do mundo de hoje”, diz.
A Smurfit Kappa apoia um planeta mais verde por meio do desenvolvimento de embalagens e processos que façam a diferença no mundo e para as pessoas. “Todos os produtos fabricados por nós são reciclados e recicláveis. No Brasil, trabalhamos somente com aparas como matéria-prima para produção das nossas embalagens”, salienta o CEO da Smurfit Kappa Brasil. Globalmente, a companhia utiliza 80% de fibras recicladas em seus produtos e as plantas do Brasil usam 99% de fibras recicladas na produção de caixas de papelão.
O aprimoramento do processo de inovação é contínuo. O resultado desse trabalho são os prêmios conquistados pelas embalagens desenvolvidas pela Smurfit Kappa Brasil. Um deles, destaca Alcalá, é o projeto Wine & Bite Box criado para proteger garrafas de vinho e alimentos que foi destaque na categoria Product Design 2021 da premiação alemã Red Dot. O diferencial da embalagem é a sua flexibilidade que comporta 220 opções de dimensões para acomodar os diversos formatos de garrafas de vinho de forma segura, sem precisar usar materiais adicionais para preenchimento, além de ter um fácil manuseio, por ter alças, e ainda oferece opções variadas de montagem dos acessórios para o envio de alimentos a serem harmonizados com a bebida. “É uma embalagem que promove uma experiência gastronômica incrível”.
Outra solução inovadora com foco na sustentabilidade e no aumento da visibilidade da marca é a embalagem para e-commerce produzida para o gin Jardim Botânico que conquistou o Prêmio Abre. A caixa em seu formato fechado parece comum, mas surpreende pelo conteúdo ao ser aberta. Além da beleza, sua tampa contém explicação sobre o processo de produção do gin, receitas de coquetéis elaboradas pela head bartender da destilaria onde é produzido, Hannah Jacomme, e um QR code que leva os consumidores a uma verdadeira viagem com um vídeo do processo de produção artesanal da garrafa do Jardim Botânico. “É uma solução personalizada resultado de uma cocriação com o cliente”, destaca Alcalá.

A entrevista completa com Manuel Alcalá, CEO da Smurfit Kappa Brasil, está disponível em nosso perfil do Linkedin.