10 de outubro de 2018

A produção de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado totalizou 298.972 toneladas em setembro de 2018, segundo apuração prévia da ABPO (Associação Brasileira do Papelão Ondulado). O volume total foi 0,32% inferior ao do mesmo mês de 2017. Já a expedição por dia útil cresceu 3,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Setembro deste ano teve um dia útil a menos (24 x25) que setembro de 2017.

Considerando os dados livres de influência sazonal, a expedição de papelão ondulado recuou 0,7% entre agosto e setembro, ao passar de 305.719 para 303.691 toneladas, valor semelhante ao de julho deste ano e terceiro maior da série histórica1. “Na métrica de médias móveis trimestrais, a expedição de setembro é a segunda maior da série histórica1 – perde apenas para agosto, cuja média engloba o mês de junho, principal mês de recuperação da greve dos caminhoneiros”, explica Aloisio Campelo Junior, superintendente de estatísticas públicas do IBRE/FGV.
No terceiro trimestre de 2018, o volume expedido pelo setor avançou 5,5% em relação ao trimestre anterior.

Fonte: ABPO