13 de junho de 2018

Em maio de 2018, a expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado totalizou 237.620 toneladas, segundo apuração prévia da ABPO (Associação Brasileira do Papelão Ondulado), volume 19,53% inferior ao de igual mês de 2017.

 

Com um dia útil a menos, a expedição por dia útil em maio de 2018 (25 dias) caiu 16,31% sobre maio de 2017. “Considerando os dados livres de influência sazonal, a expedição de papelão ondulado retrocedeu 17,81% entre abril e maio, ao passar de 292.850 para 240.689 toneladas. Com o resultado, a expedição registrou em maio de 2018 o menor valor da série histórica1 desde junho de 2009 (240.174 toneladas)”, afirma Aloisio Campelo Junior, superintendente de estatísticas públicas do IBRE/FGV.

 

Segundo ele, a expedição de papelão ondulado foi amplamente impactada pela paralização dos caminhoneiros, na segunda quinzena de maio. “As expectativas do setor contemplam reversão de parte das perdas de maio nos meses subsequentes”, afirma.

 

Fonte: ABPO