23 de novembro de 2021

A Owens Illinois (O-I), empenhada em contribuir para a disseminação da vacinação no Brasil, anuncia seu apoio ao movimento “Unidos pela Vacina”, iniciativa que reúne mais de 3.000 pessoas, entre empresários e membros de instituições, associações, ONGs e comunidades.
A companhia, líder mundial na fabricação de embalagens de vidro, anuncia a doação de 222 caixas térmicas, destinadas à conservação das vacinas nos pontos de vacinação, e 39 computadores, que serão utilizados como auxílio tecnológico para a integração dos dados da vacinação com o aplicativo ConectaSUS e em serviços burocráticos de cadastro e atendimento à população.
“A O-I, ciente da importância que a vacinação tem para controlar a pandemia do coronavírus, decidiu apoiar esse projeto tão relevante realizando doações que contribuam para a infraestrutura dos pontos de vacinação em locais mais remotos e com menos recursos. Esse é um momento muito aguardado por toda a companhia, que incentiva seus colaboradores a aderirem à vacina, e entendemos que faz parte do nosso papel social ajudar para que a vacinação possa acontecer de forma mais ágil e abrangente”, comenta Hugo Ladeira, presidente da Owens Illinois do Brasil.
O “Unidos Pela Vacina” abrange 5.570 cidades brasileiras e vem realizando um trabalho muito importante no processo de vacinação em localidades mais afastadas dos centros metropolitanos ou com menos recursos na área da saúde. Criado em fevereiro de 2021, o movimento conta com a liderança do grupo Mulheres do Brasil, uma rede suprapartidária que defende lideranças femininas na construção e na manutenção de uma melhor realidade para o nosso país.
As doações realizadas pela O-I estão concentradas nos estados de Pernambuco e São Paulo, atendendo as cidades de Terezinha (PE), Lagoa do Ouro (PE), Santa Filomena (PE), Jurema (PE), São Benedito do Sul (PE), Jataúba (PE), Correntes (PE), Iati (PE), São Joaquim do Monte (PE), Manari (PE), Inajá (PE), Canhotinho (PE), Itaíba (PE), Tupanatinga (PE), Caetés (PE), Águas Belas (PE), Aramina (SP), Marapoama (SP) e Taboão da Serra (SP).
Fonte: Ketchum