14 de novembro de 2018

A Novelis Inc., líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, anunciou hoje um investimento de R$ 650 milhões na fábrica de Pindamonhangaba, interior de São Paulo. A expansão da principal unidade da Novelis na América do Sul beneficiará os setores de latas de bebidas e especialidades, com o aumento da capacidade de produção de chapas em 100 mil toneladas/ano e da capacidade de reciclagem em 60 mil toneladas/ano. A expansão elevará a capacidade total da fábrica de Pinda para cerca de 680 mil toneladas/ano e a de reciclagem para 450 mil toneladas/ano.
O projeto contará também com a construção de um sistema de captação de água e com a aquisição de uma área de aproximadamente de 380 mil m2 para futuras expansões.
“O investimento para aumentar a capacidade de produção e de reciclagem reforça nosso compromisso com a América do Sul e com os clientes da região”, afirma Steve Fischer, CEO Global da Novelis Inc. “Nosso foco em estabelecer uma fonte adicional de água nos ajuda a entregar nosso propósito de, juntos, criarmos um mundo sustentável”.
A empresa iniciará oficialmente as obras em fevereiro de 2019 com expectativa de conclusão em 2021. O escopo do projeto inclui aumento de capacidade de produção de placas, laminação a quente e reciclagem, além de melhorias complementares. O projeto deve gerar mais de 50 novos empregos.
“A sustentabilidade é a espinha dorsal do nosso modelo de negócio e o projeto de expansão está totalmente alinhado à essa visão”, afirma Tadeu Nardocci, presidente da Novelis América do Sul. “A fábrica de Pindamonhangaba já é o maior centro de reciclagem e laminação de alumínio da América do Sul. Com a expansão, a Novelis reforça seu compromisso com o setor, consolida sua posição de liderança no país e cria oportunidades de desenvolver soluções inovadoras em parceria com os clientes”, ressalta o executivo.
O projeto conta com o apoio técnico da Investe SP, a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade.
“Para o Estado de São Paulo, é muito importante contribuir com projetos de alto valor agregado. São Paulo precisa de iniciativas que promovam o desenvolvimento econômico, social e ambiental do Estado. O papel do Investe é auxiliar as empresas a instalarem ou expandirem seus negócios e assim, melhorar o potencial econômico, gerar empregos, renda e desenvolver a cadeia de suprimentos e logística”, disse Sérgio Costa, diretor da Agência.
Fonte: Edelman