14 de setembro de 2018

A Casa Hope, instituição filantrópica de apoio biopsicossocial e educacional a crianças portadoras de câncer e transplantadas de rins, fígado e medula óssea, terá seu trabalho divulgado pela empresa de laticínios Jussara. A parceria, que prevê a inclusão do logotipo e de informações sobre a instituição em caixinhas da Tetra Pak, contempla também a doação de mais de 1.200 litros de leite por mês desde março, além de outros produtos, para completar as refeições servidas na entidade. Até o final do ano, a expectativa é ultrapassar a marca de 10 mil litros doados.
“Estampamos em nossas embalagens o logotipo da Casa Hope com a frase ‘Nós apoiamos’, como forma de convidar nossos consumidores a conhecer o projeto e apoiá-lo também. Somos uma das marcas mais populares de leite no mercado brasileiro, por isso acreditamos que incluir as informações em nossas embalagens seja uma forma de atingir diferentes lares de nossa área de atuação. São quase 20 milhões de embalagens por mês colocadas no mercado”, afirma Messias Castro, gerente de marketing da Jussara.
Cláudia Bonfiglioli, presidente da Casa Hope, elogia a parceria. “É uma honra poder contar com o leite Jussara na nossa luta diária em oferecer apoio de qualidade a centenas de pessoas de todo o Brasil. Esse é o verdadeiro ‘license social’. É muito importante para nós que outras empresas possam se inspirar na iniciativa da Jussara e nos ajudar também”, afirma. Fundada em 1996, a Casa Hope atende atualmente 200 pessoas de baixa renda procedentes de todo o Brasil que necessitam de um suporte integral durante o período de tratamento em São Paulo, oferecendo estrutura completa de serviços de apoio durante o tratamento nos hospitais. A Casa tem 48 quartos e 192 leitos.
Envasado com tecnologia asséptica, ou seja, sem contato com o ambiente externo, e protegido por uma embalagem com seis camadas de papel, plástico e alumínio, que impedem a entrada da luz, oxigênio e umidade, o leite em caixinha poderá ser armazenado por vários meses sem necessidade de refrigeração.
Fonte: JeffreyGroup Brasil