3 de novembro de 2021

A Ambev assumiu, em 2018, compromissos ambientais olhando para a sustentabilidade em toda a sua cadeia produtiva, divididos em cinco pilares: agricultura sustentável, água, ação climática, embalagem circular e plástico. Na frente de embalagem circular, a companhia tem voltado seu olhar para ampliação de parcerias e projetos de logística reversa e, a partir de agora, conta com um novo parceiro para fortalecer sua cadeia de reciclagem: o Instituto Muda.

“Desde 2018, quando lançamos nossos compromissos de sustentabilidade para 2025, buscamos incorporar ideias inovadoras que nos ajudem a gerar transformações socioambientais positivas. Pensando nos desafios da nossa jornada de embalagem circular, precisamos oferecer formas mais amplas de incentivo e conscientização sobre a coleta seletiva, que é fundamental no nosso processo de reciclagem, e é isso que o Instituto Muda oferece”, afirma Nayara Baccan, Gerente de Sustentabilidade da Ambev.

Coleta seletiva no conforto do lar
Há 12 anos, o Instituto Muda fomenta a coleta seletiva em empresas e condomínios, em São Paulo. Desde maio, quando passou a integrar o ecossistema de parceiros da Ambev, a empresa recolheu 28 toneladas de vidro que foram destinados à fábrica de reciclagem de vidros da companhia, no Rio de Janeiro. Estão cadastrados no projeto 105 condomínios residenciais, em São Paulo, impactando e gerando conveniência no descarte para aproximadamente 39.000 moradores.
Fonte: Loures