25 de abril de 2019

De 26 a 29 de novembro de 2018, o Instituto de Embalagens finalizou a jornada de conhecimento participando da última feira, realizada na Europa, a All4Pack, em Paris, na França, que reuniu 1300 expositores e 79 mil profissionais do setor de embalagens. O setor de embalagens contemplou novas tecnologias, matéria-prima, solução sustentável e o apelo à estética.

As soluções sustentáveis seguem ganhando importância na indústria. A MULTIVAC lançou uma solução de embalagem para diminuir o uso do plástico. Trata-se da bandeja de cartão Multivac Paperboard para embalar produtos frescos e in natura.

Já a empresa chinesa DAY YOUNG apresentou um copo de PLA (ácido poliláctico), um poliéster obtido da polimerização do ácido láctico, originado de cultivo bacteriano, que emprega fonte de carbono renovável, além de um canudo de papel, que tem como matéria-prima, as fibras de celulose extraídas de pinheiros e eucaliptos.

A SLEEVER INTERNATIONAL apresentou a primeira capa termoencolhível de PET de baixa densidade, que permite a recuperação de garrafas PET usadas. Essa iniciativa é uma resposta aos objetivos de reciclabilidade dos fabricantes de bebidas, que foi lançada na feira Interpack, em 2017, para o mercado de bebidas não-alcoólicas (refrigerantes, sucos, águas, bebidas não-carbonatadas e bebidas carbonatadas).

A BRUNI GLASS apresentou a garrafa para espumante Audrey, que foi inspirada na moda dos vestidos de festa dos anos 50. O shape lembra uma delicada silhueta feminina, o fundo é como uma parte da saia. Os três níveis mostram o movimento oscilante de um vestido de noite durante a dança, sensata e sedutora ao mesmo tempo. O nome Audrey significa elegância e autoridade que o design da garrafa representa.

“A sofisticação das embalagens foi destaque na All4Pack.”

Já a EMBALLAGES BOIS MARTIN, uma empresa especializada em embalagens sofisticadas de madeira, apresentou uma série de embalagens para o setor alimentício, além de ser uma proposta 100% reciclável. O detalhe mais importante, que ao visitar o mercado parisiense, encontramos essas embalagens de madeira acondicionando trufas.

Promover uma experiência sensorial prazerosa aos consumidores também é uma maneira de fisgá-lo no ponto de venda. A ENPLATER apresentou embalagens stand-up pouch, com soft touch, que traz ao consumidor a sensação de toque suave.

No setor logístico, a ROBOPAC apresentou inovações robóticas com automatização para shrink para palete de grandes e pequenas caixas, que aumentam a competitividade e contribuem para maior proteção da carga durante armazenagem e transporte.

A robótica é o destaque no setor logístico. Temos acompanhado um grande movimento de busca por melhorias para otimização de mão de obra, segurança, produtividade e competitividade. A CNS TOBOTS MACHINES apresentou uma solução para paletização e

separação de produtos com um sistema desenvolvido para suporte ao setor logístico e assim otimizar todo o processo de final de linha.

No último livro lançado Embalagens Papelão Ondulado, da coleção Embalagem Melhor. Mundo Melhor, o Instituto de Embalagens falou sobre o crescimento do papelão ondulado, pois cada vez mais o e-commerce tem mexido com a economia do mundo, e os corrugado se apresentou como solução para transporte e segurança, seguindo essa demanda, a EFI apresentou na feira projetos com destaque em duas grandes tendências, as novas tecnologia e sofisticação através da impressão digital, explorando cada vez competitividade no mercado de papelão ondulado.